Um olhar interior...

Sábado, 31 de Outubro de 2009

 

This Is Halloween


Boys and girls of every age
Wouldn't you like to see something strange?


Come with us and you will see
This, our town of halloween

 

This is halloween, this is halloween
Pumpkins scream in the dead of night


This is halloween, everybody make a scene
Trick or treat till the neighbors gonna die of fright
It's our town, everybody scream
In this town of halloween


I am the one hiding under your bed
Teeth ground sharp and eyes glowing red


I am the one hiding under yours stairs
Fingers like snakes and spiders in my hair


This is halloween, this is halloween


Halloween! halloween! halloween! halloween!
In this town we call home
Everyone hail to the pumpkin song


In this town, don't we love it now?
Everybody's waiting for the next surprise


Round that corner, man hiding in the trash cam
Something's waiting no to pounce, and how you'll...


Scream! this is halloween
Red 'n' black, slimy green


Aren't you scared?


Well, that's just fine
Say it once, say it twice
Take a chance and roll the dice
Ride with the moon in the dead of night


Everybody scream, everbody scream


In our town of halloween!


I am the clown with the tear-away face
Here in a flash and gone without a trace

 

I am the "who" when you call, "who's there?"
I am the wind blowing through your hair


I am the shadow on the moon at night
Filling your dreams to the brim with fright

 

This is halloween, this is halloween
Halloween!


Tender lumplings everywhere
Life's no fun without a good scare


That's our job, but we're not mean
In our town of halloween


In this town


Don't we love it now?
Everybody is waiting for the next surprise


Skeleton jack might catch you in the back
And scream like a banshee
Make you jump out of your skin
This is halloween, everybody scream
Wont' ya please make way for a very special guy

Our man jack is king of the pumpkin patch
Everyone hail to the pumpkin king now


This is halloween, this is halloween
Halloween! halloween! halloween! halloween!


In this town we call home
Everyone hail to the pumpkin song


La la-la la, halloween! halloween! 
 

 

 

Marilyn Manson

 

 

 

publicado por AIMSF às 11:44
link do post | comentar | | | favorito

Sexta-feira, 30 de Outubro de 2009

 

Não te Fies do Tempo nem da Eternidade

 

 

Não te fies do tempo nem da eternidade
que as nuvens me puxam pelos vestidos,
que os ventos me arrastam contra o meu desejo.
Apressa-te, amor, que amanhã eu morro,
que amanhã morro e não te vejo!

Não demores tão longe, em lugar tão secreto,
nácar de silêncio que o mar comprime,
ó lábio, limite do instante absoluto!
Apressa-te, amor, que amanhã eu morro,
que amanhã morro e não te escuto!

Aparece-me agora, que ainda reconheço
a anêmona aberta na tua face
e em redor dos muros o vento inimigo...
Apressa-te, amor, que amanhã eu morro,
que amanhã morro e não te digo...

Cecília Meireles, in 'Retrato Natural'

publicado por AIMSF às 14:38
link do post | comentar | | | favorito

Quinta-feira, 29 de Outubro de 2009

 

If I were a boy

If I were a boy, even just for a day
I'd roll out of bed in the morning
And throw on what I wanted then go
Drink beer with the guys
And chase after girls
I'd kick it with who I wanted
And I'd never get confronted for it,
Cause they stick up for me

 

If I were a boy!
I think I could understand
How it feels to love a girl
I swear I'd be a better man
I'd listen to her
Cause I know how it hurts
When you lose the one you wanted
Cause he's taking you for granted
And everything you had got destroyed

 

If I were a boy
I would turn off my phone,
Tell everyone it's broken
So they'd think that I was sleeping alone,
I'd put myself first
And make the rules as I go
Cause I know that she'd be faithfull
Waiting to me to come home, to come home!

 

If I were a boy!
I think I could understand
How it feels to love a girl
I swear I'd be a, better man
I'd listen to her
Cause I know how it hurts
When you lose the one you wanted (wanted!)
Cause he's taking you for granted (granted!)
And everything you had got destroyed

 

It's a little too late for you to come back
Say it's just a mistake
Think I'd forgive you like that
If you thought I would wait for you
You thought wrong...

 

But you're just a boy
You don't understand (And, you don't understand, oh)
How it feels to love a girl someday
You wish you were a, better man

 

You don't listen to her
You don't care how it hurts
Until you lose the one you wanted
Cause you're taking her for granted
And everything you had got destroyed

 

But you're just a boy...
 

publicado por AIMSF às 09:57
link do post | comentar | ver comentários (3) | | | favorito

Terça-feira, 27 de Outubro de 2009

Sentei-me à beira-mar

 

Sentei-me à beira-mar

O sol batia-me no rosto.

O vento fazia-me arrepiar…

Olhei em teus olhos

Vi-me reflectida em ti.

Suavemente tocaste na minha mão

Estremeci… Corei... Sorri…

Ninguém controlava aquela situação

Ninguém sabia onde ia parar…

Um leve suspiro…

Uma momentânea troca de um olhar…

E tanto que eu te queria dizer…

Dei por mim na tua boca

Um toque… um beijo…

Nada mais ficaria por dizer

Sentias o meu desejo

Era mais do que podias saber…

Queria-te mais que tudo…

E ali ficamos… olhamos o horizonte

Abraçados… longe do mundo

Entre beijos e olhares e carinhos

E palavras sinceras que saíam…

 

É assim que me fazes sentir

É assim que quero estar

Junto a ti… sentir-te… beijar-te…

Estarei a sonhar? Sim, estou…

Mas estamos quase a acordar

E um no outro vamo-nos saciar…

 

 

Ass: Vânia


 

publicado por AIMSF às 14:56
link do post | comentar | ver comentários (1) | | | favorito

Sexta-feira, 23 de Outubro de 2009

 

 

 

 

publicado por AIMSF às 15:43
link do post | comentar | | | favorito

Quarta-feira, 21 de Outubro de 2009

 Elegia do Ciúme

A tua morte, que me importa,
se o meu desejo não morreu?
Sonho contigo, virgem morta,
e assim consigo (mas que importa?)
possuir em sonho quem morreu.

Sonho contigo em sobressalto,
não vás fugir-me, como outrora.
E em cada encontro a que não falto
inda me turbo e sobressalto
à tua mínima demora.

Onde estiveste? Onde? Com quem?
— Acordo, lívido, em furor.
Súbito, sei: com mais ninguém,
ó meu amor!, com mais ninguém
repartirás o teu amor.

E se adormeço novamente
vou, tão feliz!, sem azedume
— agradecer-te, suavemente,
a tua morte que consente
tranquilidade ao meu ciúme.

David Mourão-Ferreira, in "Tempestade de Verão"

publicado por AIMSF às 14:27
link do post | comentar | | | favorito

Terça-feira, 20 de Outubro de 2009

 

 

Back To Life

back to life, back to reality
back to life, back to reality
back to life, back to reality
back to the here and now yeah
show me how decide what you want from me
tell me maybe i could be there for you

 

how ever do you want me how
how ever do you need me
how ever do you want me
how ever do you need me how
how ever do you want me
how ever do you need me

 

back to life back to the present time
back from a fantasy
tell me now take the initiative
i’ll leave it in your hands until your ready

 

how ever do you want me how
how ever do you need me
how ever do you want me
how ever do you need me how
how ever do you want me
how ever do you need me

 

live at the top of the block
no more room for trouble and fuss
need a change a positive change
look it’s me writing on the wall

 

how ever do you want me how
how ever do you need me
how ever do you want me
how ever do you need me how
how ever do you want me
how ever do you need me

 

back to life back to the day we have
lets end this foolish game
hear me out don’t let me waste away
make up your mind so i know where i stand

 

how ever do you want me how
how ever do you need me
how ever do you want me
how ever do you need me how
how ever do you want me
how ever do you need me

 

back to life, back to reality
back to the here and now yeah
show me how decide what you want from me
tell me maybe i could be there for you

 

Soul II Soul

 

publicado por AIMSF às 15:21
link do post | comentar | | | favorito

Quinta-feira, 15 de Outubro de 2009

 

 

 

ATeoria Triangular do Amor de Sternberg

Na Teoria Triangular do Amor de Sternberg , o amor é caracterizada por três elementos: intimidade, paixão e compromisso.

 

De acordo com o autor, um relacionamento baseado em um único elemento tem menos chances de sobreviver do que um baseado em dois ou mais.

 Com a presença ou ausência de cada um dos elementos temos as combinações de sentimentos:

 

 


 

Intimidade

Paixão

Compromisso

1. Amizade

x

 


 

 


 

2. Paixão

 


 

x

 


 

3. Amor vazio

 


 

 


 

x

4. Amor romântico

x

x

 


 

5. Amor Companheiro

x

 


 

x

 

6. Amor Instintivo

 


 

x

x

 

 7. Amor Verdadeiro

 

x

x

x

 

 

 Amizade: caracteriza as amizades verdadeiras e profundas na qual uma pessoa sente-se muito bem, próxima e intensa a outra, mas sem paixão intensa ou comprometimento a longo prazo.

 

 Paixão: é conhecido como o “amor à primeira vista”, algo intenso, mágico, que parece único. O grande problema é que sem os componentes de intimidade e de compromisso do amor, a paixão pode desaparecer de repente, tão rápido quando apareceu.

 

Amor Vazio: pode ser encontrado em casamentos arranjados, por exemplo, nos quais os relacionamentos começam normalmente com o amor vazio, ou seja, não há paixão, nem intimidade. Apenas compromisso. Mas também podem ocorrer casos em que um amor muito forte se deteriora, mantendo o compromisso, mas perdendo a intimidade e a paixão.

 

Amor Romântico: nesse caso, os amantes estão ligados emocionalmente como na amizade, possuem intimidade, e fisicamente com uma paixão explosiva.

 

Amor Companheiro: é o sentimento puro que existe em relações familiares, em amizades profundas ou nos relacionamentos longos sem interesse sexual. Mas esse tipo de amor pode aparecer também em uniões onde a paixão acabou, não há mais desejo sexual, apenas um compartilhamento da vida.

 

Amor Instintivo: é o amor carnal. Existe um compromisso motivado pela paixão, mas sem intimidade.

 

 Amor Verdadeiro: essa é a base do relacionamento ideal, que muitas pessoas buscam, mas poucas são capazes de encontrar. O autor da teoria adverte que no amor verdadeiro é mais difícil a manutenção do que o encontro propriamente dito. Ele reforça a importância de traduzir os componentes do amor em ação. “Sem expressão, mesmo o maior dos amores pode morrer”. Este amor tem que ser trabalhado, porque pode não durar para sempre. Por exemplo, se acabar a paixão, esse amor se tornará um amor companheiro.

 

 

Retirei estas informações na  Wikipedia e acrescentei umas ligeiras alterações.

 

Já viste que tipo de amor é o teu???

 

 

Ana Fernandes- Aimsf

publicado por AIMSF às 14:10
link do post | comentar | ver comentários (2) | | | favorito

Quarta-feira, 14 de Outubro de 2009

 

Meet Me Halfway

Uh, I can't go any further than this
Uh. I want you so badly, it's my biggest wish

Whoa, I spent my time just thinkin', thinkin', thinkin' 'bout you
Every single day, yes, I'm really missin', missin' you
And all those things we use, to use, to use, to use to do
Hey girl, wuz up, it use, to use to be just me and you
I spent my time just thinkin', thinkin', thinkin' 'bout you
Every single day, yes, I'm really missin', missin' you
And all those things we use, to use, to use, use to do
Hey girl, wuz up, girl, wuz up, wuz up, wuz up

 

Can you meet me halfway, right at the borderline
That's where I'm gonna wait, for you
I'll be lookin' out, night and day
Took my heart to the limit, and this is where I'll stay
I can't go any further than this
I want you so bad it's my only wish

 

Girl, I travel 'round the world and even sail the seven seas
Across the universe, I go to other galaxies
Just tell me where you go, just tell me where you want to meet
I navigate myself, myself, to take me where you'll be
'Cause girl I want, I, I, I want you right now
I travel uptown (town), I travel downtown
Wanna have you around ('round) like every single day
I love you all way, way

 

Can you meet me halfway (I'll meet you halfway)
Right at the borderline
That's where I'm gonna wait, for you
I'll be lookin out, night and day
Took my heart to the limit, and this is where I'll stay
I can't go any further than this
I want you so bad it's my only wish
I can't go any further than this
I want you so bad it's my only wish

 

Let's walk the bridge, to the other side
Just you and I (just you and I)
I will fly, fly the sky, for you and I (for you and I)
I will try, until I die, for you and I, for you and I, for for for you and I,
For for for you and I, for for for you and I, for you and I

 

Can you meet me halfway
Can you meet me halfway
Can you meet me halfway
Can you meet me halfway
Meet me halfway
Right at the borderline
That's where I'm gonna wait, for you
I'll be lookin out, night and day
Took my heart to the limit, and this is where I'll stay
I can't go any further than this
I want you so bad it's my only wish
I can't go any further than this
I want you so bad it's my only wish
 

 

 

 

Black Eyed Peas

 

publicado por AIMSF às 10:28
link do post | comentar | | | favorito

Segunda-feira, 12 de Outubro de 2009

You are welcome to elsinore


Entre nós e as palavras há metal fundente
entre nós e as palavras há hélices que andam
e podem dar-nos morte violar-nos tirar
do mais fundo de nós o mais útil segredo
entre nós e as palavras há perfis ardentes
espaços cheios de gente de costas
altas flores venenosas portas por abrir
e escadas e ponteiros e crianças sentadas
à espera do seu tempo e do seu precipício

Ao longo da muralha que habitamos
há palavras de vida há palavras de morte
há palavras imensas, que esperam por nós
e outras, frágeis, que deixaram de esperar
há palavras acesas como barcos
e há palavras homens, palavras que guardam
o seu segredo e a sua posição

Entre nós e as palavras, surdamente,
as mãos e as paredes de Elsinore

E há palavras nocturnas palavras gemidos
palavras que nos sobem ilegíveis à boca
palavras diamantes palavras nunca escritas
palavras impossíveis de escrever
por não termos connosco cordas de violinos
nem todo o sangue do mundo nem todo o
amplexo do ar
e os braços dos amantes escrevem muito alto
muito além do azul onde oxidados morrem
palavras maternais só sombra só soluço
só espasmos só amor só solidão desfeita

Entre nós e as palavras, os emparedados
e entre nós e as palavras, o nosso querer falar.

 

 

Mário Cesariny
 

 

publicado por AIMSF às 14:20
link do post | comentar | ver comentários (2) | | | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
16
17

18
19
22
24

25
26
28


CURRENT MOON
free counters
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro