Um olhar interior...

Quinta-feira, 18 de Junho de 2009

 

 

 

Faltam palavras, neste momento
e este segundo já passou
Fiquei parado, sem reacção
e num segundo tudo mudou
Trouxe-te o vento na tempestade do meu mar
tinhas a chama onde me quero queimar

Este mar que me leva
sem me dar nenhum sinal
Ao teu porto de abrigo
Quero o meu ponto final

Quando estás perto, cada momento
é tao tenso ao pé de ti
Peço-te que esperes, pra me receberes
até que este mar me leve a ti
Deixa-me mostrar-te que consegues voltar a amar
eu só quero dar-te, mostrar-te que posso mudar

Este mar que me leva
sem me dar nenhum sinal
Ao teu porto de abrigo
Quero o meu ponto final

Conta-me a história que quero ouvir
Mostra-me o mundo que é só teu
Quero perder-me onde tu estiveres
Faz-me um sinal

Este mar que me leva
sem me dar nenhum sinal
Ao teu porto de abrigo
Quero o meu ponto final

Conta-me a história que quero ouvir
Mostra-me o mundo que é só teu
 

Pedro Vaz

publicado por AIMSF às 09:59
link do post | comentar | | | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12

15
16

21
23

28


CURRENT MOON
free counters

blogs SAPO


Universidade de Aveiro