Um olhar interior...

Terça-feira, 30 de Junho de 2009

 

 

  Imagino-me

 

Imagino-me numa praia onde estou eu e o mar,

a areia e o sol, e num momento de magia

apareces tu para embelezar e dar alegria

ao lindo quadro que se encerra no meu avistar.

 

Sei bem quem és e sei bem de onde vens

Trazes contigo o sorriso mais lindo que conheço

E esse teu olhar distante e belo que tens

Vem deixar (dentro de mim) um valor sem preço.

 

E é ao  caminhar pelas margens das ondas

que tu e eu nos cruzamos e abraçamos

Num aperto demorado e apaixonado

E, assim nos amamos e ficamos.

 

 

Ana Fernandes- AIMSF

publicado por AIMSF às 14:58
link do post | comentar | | | favorito

Domingo, 7 de Junho de 2009

 

267216.jpg image by tmaneca

By tmaneca

 

Saudade

Sim, saudade
de tempos que passaram
de coisas que se foram
dos momentos que jamais
voltarão a existir
novamente…

Saudade
Das horas tristes e alegres
Dos risos, das brincadeiras
Do seu sorriso sincero
Do seu olhar sem maldade
Do carinho, da nossa cumplicidade

Saudade
É uma palavra que explica tudo
Sem compreender direito este aperto
no peito que sentimos
não mais que isso, apenas saudade…

Saudade
É sentir vontade de fazer o tempo voltar
É sentir o desejo de voltar aqueles tempos
voltar a sentir o mesmo sentimento

Saudade
É relembrar o passado
É rir sozinha revendo fotos
É se entregar na imaginação
É reviver os mesmos caminhos
que um dia juntos passamos

Saudade
De repente uma lágrima desliza em meu rosto
Só a saudade e eu
perdida nos meus pensamentos
querendo ficar só
para voltar no tempo e simplesmente
recordar…

(Cristiane Souza Gomes)

publicado por AIMSF às 13:06
link do post | comentar | | | favorito

Quarta-feira, 3 de Junho de 2009

 

Aconteceu...
e por me teres feito cego
recordo o sabor da tua pele
e o calor de uma tela
que pintámos sem pensar.
Ninguém perdeu,
e enquanto o ar foi cego
despidos de passados
talvez de lados errados
conseguiste me encontrar.

Foi dança
foram corpos de aço
entre trastes de guitarras
que esqueceram amarras
e se amaram sem mostrar.
Foi fogo
que nos encontrou sozinhos
queimou a noite em volta
presos entre chama à solta
presos feitos para soltar...



Estava escrito
E o mundo só quis virar
a página que um dia se fez pesada

E o suor
que escorria no ar
no calor dos teus lábios
inocentes mas sábios...
no segredo do luar.
Não vai acabar
Vamos ser sempre paixão
Vamos ter sempre o olhar
onde não há ninguém
Dei-te mais...! Valeu a pena voar...

Estava escrito
E a noite veio acordar
a guerra de sentidos travada num céu

Nem por um segundo largo a mão
da perfeição do teu desenho
e do teu gesto no meu...
foi como um sopro estranho...
...e aconteceu...

És noite em mim,
És fogo em mim.
És noite em mim.
 

Toranja

publicado por AIMSF às 16:27
link do post | comentar | | | favorito

Domingo, 26 de Abril de 2009

 Imagino

Neste exacto momento
em que escrevo estas palavras,
é teu o meu pensamento,
embora tu não o saibas,
em que, num sorriso, recordo
o toque da tua pele
e imagino nos teus lábios
o mais puro e doce mel.
E imagino segredos
e histórias por revelar;
e com a ponta dos meus dedos
anseio em te tocar;
e num tom de voz baixinho
ao teu ouvido sussurrar,
enquanto te faço um carinho,
enquanto leio o teu olhar.
E, logo depois, lentamente
pegar na tua mão;
sentir nela, o teu corpo quente,
sentires nela o meu coração.
E depois suave e doce
afagar o teu cabelo,
como se um poema fosse,
como se pudesse eu escrevê-lo.
Imagino finalmente,
ou talvez seja um desejo,
abraçar-te ternamente,
enquanto provo o teu beijo. 

 

Mythos

publicado por AIMSF às 14:44
link do post | comentar | | | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


CURRENT MOON
free counters
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro