Um olhar interior...

Quarta-feira, 30 de Setembro de 2009

 

Everytime 

Notice me
and take my hand
So, why are we
Strangers when
Our love's strong
Why carry on without me?


Everytime I try to fly
I fall without my wings
I feel so small
I guess I need you baby
And everytime I see you in my dreams
I see your face, it's haunting me
I guess I need you baby

I make believe
That you are here
It's the only way
I see clear
What have I done?
You seem to move on easy

(Chorus)
Everytime I try to fly
I fall without my wings
I feel so small
I guess I need you baby
And everytime I see you in my dreams
I see your face, you're haunting me
I guess I need you baby

I may have made it rain
Please forgive me
My weakness caused you pain
And this song's my sorry

Ohhhh

At night I pray
That soon your face
Will fade away


Everytime I try to fly
I fall without my wings
I feel so small
I guess I need you baby
And everytime I see you in my dreams
I see your face, you're haunting me
I guess I need you baby
 

 

 

Britney Spears

 

publicado por AIMSF às 15:08
link do post | comentar | favorito

Domingo, 27 de Setembro de 2009

 

publicado por AIMSF às 22:52
link do post | comentar | favorito

Sábado, 26 de Setembro de 2009

 

Não rias de meus poemas

Não rias de meus poemas,
nem te desfaças de meus versos...
Deles tu és o tema,
neles mantenho expressos
os mais nobres sentimentos,
os mais exauridos lamentos,
em cada linha, anexos,
em cada rima, impressos.

 

Não rias de meus poemas
que tua imagem desenham,
que ao te verem partir, emudeceram
e com teu abandono,
não querem mais fluir...

 

Não rias de meus poemas...
Tem pena...Sofrem por ti!
Tentam somente sobreviver,
pois o amor que os mantinha
acabou de morrer.

 

Carmen Lúcia

publicado por AIMSF às 16:19
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 25 de Setembro de 2009

 

One More Time

One More Time

One more time
We're gonna celebrate
Oh yeah, all right
Don't stop the dancing

One more time
We're gonna celebrate
Oh yeah, all right
Don't stop the dancing

One more time
We're gonna celebrate
Oh yeah, all right
Don't stop the dancing

One more time
We're gonna celebrate
Oh yeah...

One more time

One more time
We're gonna celebrate
Oh yeah, all right
Don't stop the dancing

One more time
We're gonna celebrate
Oh yeah
Don't stop the dancing
One more time

Uhmmm...
You know i'm just feeling
Celebration
tonight
Celebrate
Don't Wait to late
Uhmmm...you know
You don't stop
You can't stop
We're gonna celebrate
One more time
One more time
One more time
Celebration
You know we're gonna do it right
Tonight
Yeah Just feeling
Music's got me feeling the need
Need
Yeah
Come on, all right
We're gonna celebrate
One more time
Celebrate and dance so free
Music's got me feeling so free
Celebrate and dance so free
One more time
Music's got me feeling so free
We're gonna celebrate
Celebrate and dance so free
One more time
Music's got me feeling so free
We're gonna celebrate
Celebrate and dance so free
One more time
Music's got me feeling so free
We're gonna celebrate
Celebrate and dance so free
One more time
Music's got me feeling so free
We're gonna celebrate
Celebrate and dance so free
One more time
Music's got me feeling so free
We're gonna celebrate
Celebrate and dance so free
One more time

Music's got me feeling so free
We're gonna celebrate
Celebrate and dance so free

One more time
Music's got me feeling so free
We're gonna celebrate
Celebrate and dance so free

One more time
Music's got me feeling so free
We're gonna celebrate
Celebrate and dance so free

One more time
Music's got me feeling so free
We're gonna celebrate

One more time
Music's got me feeling so free
We're gonna celebrate
Celebrate and dance so free

One more time
Music's got me feeling so free
Were gonna celebrate
Celebrate and dance so free

One more time
Music's got me feeling so free
We're gonna celebrate
Celebrate and dance so free

One more time
Music's got me feeling so free
We're gonna celebrate
Celebrate and dance so free

One more time

 

Daft Punk

publicado por AIMSF às 11:24
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 24 de Setembro de 2009

A Casada Infiel

 

Levei-a comigo ao rio,
pensando que era donzela,
porém já tinha marido.
Foi na noite de Santiago
e quase por compromisso.
Os lampiões se apagaram
e acenderam-se os grilos.
Nas derradeiras esquinas
toquei seus peitos dormidos
e pra mim logo se abriram
como ramos de jacintos.
A goma de sua anágua
soava no meu ouvido,
como uma peça de seda
lacerada por dez facas.
Sem luz de prata nas copas
as árvores têm crescido,
e um horizonte de cães
ladra mui longe do rio.

*

Passadas as sarçamoras
os juncos e os espinheiros,
por debaixo da folhagem
fiz um fojo sobre o limo.
Minha gravata tirei.
Tirou ela seu vestido.
Eu, o cinto com revólver.
Ela, seus quatro corpetes.
Nem nardos nem caracóis
têm uma cútis tão fina,
nem os cristais ao luar
resplandecem com tal brilho.
Suas coxas me fugiam
como peixes surpreendidos,
metade cheia de lume,
metade cheia de frio.
Percorri naquela noite
o mais belo dos caminhos,
montado em potra de nácar
sem bridas e sem estribos.
Dizer não quero, homem sendo,
as coisas que ela me disse.
A luz do entendimento
me faz ser mui comedido.
Suja de beijos e areia,
trouxe-a comigo do rio.
A aragem travava luta
com as espadas dos lírios.
Portei-me como quem sou.
Como um gitano legítimo.
Uma cesta de costura
dei-lhe de raso palhiço
e não quis enamorar-me
porque tendo ela marido
me disse que era donzela
quando a levava eu ao rio.

Federico García Lorca, in 'Romanceiro Gitano'

publicado por AIMSF às 13:39
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 22 de Setembro de 2009

 

Deixa-me Olhar

Noites sem ti
Onde eu me perco
Procuro por mim
Na paixão do incerto
E saber que me amas
Mas mesmo assim
Basta pra ti
Dizeres que sim
Mesmo quando eu vou
Gostares de mim
Pelo o que sou


Deixa-me olhar
Deixa-me perguntar
Se gostas de mim nas noites
Que eu passo sem ti

E sempre que eu te vejo
Perco-me na luz da noite
E sempre que eu te beijo
Fico sem medo do som
Noites sem ti
Onde eu me perco
Procuro por mim
Na paixão do incerto
oh oh
E saber que me amas
Mas mesmo assim
Basta pra ti
Dizeres que sim
Mesmo quando eu vou
Gostares de mim
Pelo o que sou

 

Deixa-me olhar
Deixa-me perguntar
Se gostas de mim nas noites
Que eu passo sem ti
 

Além Mar

 

 

publicado por AIMSF às 16:45
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 18 de Setembro de 2009

 

Love Is All Around

I feel it in my fingers
I feel it in my toes
Love is all around me
And so the feeling grows

 

It's written on the wind
It's everywhere I go
So if you really love me
Come on and let it show

 

You know I love you, I always will
My mind's made up by the way that I feel
There's no beginning, there'll be no end
'Cause on my love you can depend

 

I see your face before me
As I lay on my bed
I cannot get to thinking
Of all the things you said

 

You gave your promise to me and I gave mine to you
I need someone beside me in everything I do

 

You know I love you, I always will
My mind's made up by the way that I feel
There's no beginning, there'll be no end
'Cause on my love you can depend

 

I got to keep it moving

 

It's written in the wind
Oh everywhere I go
So if you really love me
Come on and let it show
Come on and let it,
Come on and let it
Come on and let it,
Come on and let it show
 

Wet Wet Wet

 

publicado por AIMSF às 14:20
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 14 de Setembro de 2009

 

Não queria que fosse assim...

 

Não queria...
sofrer duras consequências,
atar-me de abstinências,
ter que roer os ossos,
captar dores e lamentos
meus, teus, nossos...

 

Não queria ...
ser tão incontingente,
rebelar-me com os problemas de toda gente,
ser um pouco mais complacente;
bradar alto o que sinto, o que sentes...

 

Não queria...
Ter esse sangue quente
que corre nas veias, borbulha inerente,
tropeça, recomeça
e segue sempre em frente.

 

Não queria...
Ser apenas uma voz ou porta-voz,
mas o coral de uma orquestra sinfônica
e em volume máximo deixar as pessoas atônitas.

 

Não queria que fosse assim...
Gentes se afastando,
amores se desgastando,
flores se fechando,
continentes se desagregando,
oceanos se revoltando,
planeta pedindo fim.

 

Não queria que fosse,
mas está sendo assim...
Aos poucos vão tragando
a vida que há em nós, em ti, em mim,
e toda a inconsciência se revela
nessa inconsequência que impera.

 

Carmen Lúcia

publicado por AIMSF às 14:40
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 11 de Setembro de 2009

 

 

 

Foto: Ana Fernandes- Aimsf  (11-Set. 2008)

 

O Meu Dia!!!

 

Hoje é um dia especial para mim!!!

Faço "tlinta e dois" (32) aninhos.

Precisamente no ano passado por esta altura estava a curtir umas férias em Marrocos.

 

Este ano os planos de viajar para fora foram cancelados devido a outras prioridades.

E já que fiquei por Portugal tive que arranjar uma alternativa, em cima da hora, para passear.

Escolha: Lisboa!!! 

Acaba por ser uma boa opção. É uma cidade muito bonita e tem muita oferta de animação (que é o que preciso neste momento, de me  divertir). E vou acabar a noite na Discoteca Lux.

 

Mas queria partilhar a minha alegria por estar a contar mais uma anito e desejar a mim mesma o que normalmente desejo aos meus amigos: Muita Saúde, Amor, Alegria, Paciência e Dinheiro.

 

Don´t Worry be Happy!!!

 

Ana Fernandes-Aimsf

publicado por AIMSF às 00:00
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Quinta-feira, 10 de Setembro de 2009

 

No Woman No Cry

No, woman, no cry;
No, woman, no cry;
No, woman, no cry;
No, woman, no cry.

Said - said - said: I remember when we used to sit
In the government yard in trenchtown,
Oba - obaserving the ypocrites
As they would mingle with the good people we meet.
Good friends we have, oh, good friends weve lost
Along the way.
In this great future, you cant forget your past;
So dry your tears, I seh.

No, woman, no cry;
No, woman, no cry.
ere, little darlin, dont shed no tears:
No, woman, no cry.

Said - said - said: I remember when-a we used to sit
In the government yard in trenchtown.
And then georgie would make the fire lights,
As it was logwood burnin through the nights.
Then we would cook cornmeal porridge,
Of which Ill share with you;
My feet is my only carriage,
So Ive got to push on through.
But while Im gone, I mean:
Everythings gonna be all right!
Everythings gonna be all right!
Everythings gonna be all right!
Everythings gonna be all right!
I said, everythings gonna be all right-a!
Everythings gonna be all right!
Everythings gonna be all right, now!
Everythings gonna be all right!

So, woman, no cry;
No - no, woman - woman, no cry.
Woman, little sister, dont shed no tears;
No, woman, no cry.

I remember when we used to sit
In the government yard in trenchtown.
And then georgie would make the fire lights,
As it was logwood burnin through the nights.
Then we would cook cornmeal porridge,
Of which Ill share with you;
My feet is my only carriage,
So Ive got to push on through.
But while Im gone:

No, woman, no cry;
No, woman, no cry.
Woman, little darlin, say dont shed no tears;
No, woman, no cry.

Eh! (little darlin, dont shed no tears!
No, woman, no cry.
Little sister, dont shed no tears!
No, woman, no cry.)
 

 

 

 

Bob Marley

 

publicado por AIMSF às 11:16
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
15
16
17
19

20
21
23

28
29


CURRENT MOON
free counters
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro