Um olhar interior...

Sexta-feira, 10 de Julho de 2009

estrela_mulher.jpg image by perdida2007

By perdida2007

 

 

Quem disse à estrela o caminho
Que ela há-de seguir no céu?
A fabricar o seu ninho
Como é que a ave aprendeu?
Quem diz à planta – “Floresce!” -
E ao mudo verme que tece
Sua mortalha de seda
Os fios quem lhos enreda?

Ensinou alguém à abelha
Que no prado anda a zumbir
Se à flor branca ou à vermelha
O seu mel há-de ir pedir?

Que eras tu meu ser, querida,
Teus olhos a minha vida,
Teu amor todo o meu bem…
Ai! não mo disse ninguém.
Como a abelha corre ao prado,
Como no céu gira a estrela,
Como a todo o ente o seu fado
Por instinto se revela,
Eu no teu seio divino
Vim cumprir o meu destino…
Vim, que em ti só sei viver,
Só por ti posso morrer

 

Almeida Garrett

 

publicado por AIMSF às 10:17
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 26 de Maio de 2009

 

Não te amo, quero-te: o amor vem d'alma.
E eu n'alma - tenho a calma,
A calma - do jazigo.
Ai! não te amo, não.

Não te amo, quero-te: o amor é vida.
E a vida - nem sentida
A trago eu já comigo.
Ai! não te amo, não!

Ai! não te amo, não; e só te quero
De um querer bruto e fero
Que o sangue me devora,
Não chega ao coração.

Não te amo. És bela; e eu não te amo, ó bela.
Quem ama a aziaga estrela
Que lhe luz na má hora
Da sua perdição?

E quero-te, e não te amo, que é forçado,
De mau, feitiço azado
Este indigno furor.
Mas oh! não te amo, não.

E infame sou, porque te quero; e tanto
Que de mim tenho espanto,
De ti medo e terror...
Mas amar!... não te amo, não.

 

 

Almeida Garret

publicado por AIMSF às 10:27
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 12 de Maio de 2009

 

Todas as ruas do amor

SE SOU TINTA
TU ÉS TELA
SE SOU CHUVA
ÉS AGUARELA
SE SOU SAL
ÉS BRANCA AREIA
SE SOU MAR
ÉS MARÉ CHEIA
SE SOU CÉU
ÉS NUVEM NELE
SE SOU ESTRELA
ÉS DE ENCANTAR
SE SOU NOITE
ÉS LUZ PARA ELA
SE SOU DIA
ÉS O LUAR

SOU A VOZ
DO CORAÇÃO
NUMA CARTA
ABERTA AO MUNDO
SOU O ESPELHO
D’EMOÇÃO
DO TEU OLHAR
PROFUNDO
SOU UM TODO
NUM INSTANTE
CORPO DADO
EM JEITO AMANTE
SOU O TEMPO
QUE NÃO PASSA
QUANDO A SAUDADE
ME ABRAÇA

BEIJA O MAR
O VENTO E A LUA
SOU UM SOL
EM NEVE NUA
EM TODAS AS RUAS
DO AMOR
SERÁS MEU
E EU SEREI TUA

SE SOU TINTA
TU ÉS TELA
SE SOU CHUVA
ÉS AGUARELA
SE SOU SAL
ÉS BRANCA AREIA
SE SOU MAR
ÉS MARÉ CHEIA
SE SOU CÉU
ÉS NUVEM NELE
SE SOU ESTRELA
ÉS DE ENCANTAR
SE SOU NOITE
ÉS LUZ PARA ELA
SE SOU DIA
ÉS O LUAR

BEIJA O MAR
O VENTO E A LUA
SOU UM SOL
EM NEVE NUA
EM TODAS AS RUAS
DO AMOR
SERÁS MEU
E EU SEREI TUA

 


Letra Original "Todas as ruas do amor"

(Pedro Marques)

 

 

 

Parabéns ao Grupo que representa, muito, muitíssimo bem, o Nosso Portugal!!!

 Flor de Lis!!!

Uma música fascinante, com ritmos que contagiam  e combinam a alegria  e a beleza de um conjunto de instrumentos que conseguem criar entre si este brilhante resultado.

Mais uma excelente combinação música-letra.

De ouvir e ouvir e ouvir só mais uma vez, please, lol.

 

Ana Fernandes- AIMSF

publicado por AIMSF às 22:26
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


CURRENT MOON
free counters
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro