Um olhar interior...

Segunda-feira, 25 de Janeiro de 2010

 

Essa tal liberdade

 

O que é que eu vou fazer com essa tal liberdade
Se estou na solidão pensando em você
Eu nunca imaginei sentir tanta saudade
Meu coração não sabe como te esquecer

Eu andei errado, eu pisei na bola
Troquei quem mais amava por uma ilusão
Mas a gente aprende, a vida é uma escola
Não é assim que acaba uma grande paixão

Quero te abraçar, quero te beijar
Te desejo noite e dia
Quero me prender todo em você
Você é tudo o que eu queria

O que é que eu vou fazer com esse fim de tarde
Prá onde quer que eu olhe lembro de você
Não sei se fico aqui ou mudo de cidade
Sinceramente amor, não sei o que fazer

Eu andei errado, eu pisei na bola
Achei que era melhor tocar outra canção
Mas a gente aprende, a vida é uma escola
Eu troco a liberdade pelo teu perdão


Quero te abraçar, quero te beijar
Te desejo noite e dia
Quero me prender todo em você
Você é tudo o que eu queria
 

publicado por AIMSF às 14:28
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 3 de Dezembro de 2009

 

 

publicado por AIMSF às 14:57
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 7 de Setembro de 2009

 

Ai de quem ama

Quanta tristeza
Há nesta vida
Só incerteza
Só despedida

Amar é triste
O que é que existe?
O amor

Ama, canta
Sofre tanta
Tanta saudade
Do seu carinho
Quanta saudade

Amar sozinho
Ai de quem ama
Vive dizendo
Adeus, adeus

 

 

Vinícius de Moraes

publicado por AIMSF às 14:33
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 15 de Julho de 2009


 

Vá!

Procure de uma vez o seu destino,

Acabe de uma vez com o desatino,

Acabe de uma vez com meu tormento

Liberta-me de tanto sofrimento,

Liberta-me de uma vez desta ilusão...

 

Vá!

E deixe-me no abandono da saudade,

Vejamos de uma vez a realidade,

Que se tornou a nossa união...

 

Vá!

Prometo-lhe não vou seguir teus passos,

Nem vou lhe implorar um último abraço,

Vou recolher-me no descanso da solidão...

 

Vá!

Mas vá com a certeza de não ter arrependimento,

Procure não lembrar-me com lamentos,

Procure não pensar em ter perdão.

 

 

Gutemberg Landi

 

publicado por AIMSF às 15:11
link do post | comentar | favorito

Sábado, 4 de Julho de 2009


Cavalo à solta

Minha laranja amarga e doce
meu poema
feito de gomos de saudade
minha pena
pesada e leve
secreta e pura
minha passagem para o breve breve
instante da loucura.

Minha ousadia
meu galope
minha rédea
meu potro doido
minha chama
minha réstia
de luz intensa
de voz aberta
minha denúncia do que pensa
do que sente a gente certa.

Em ti respiro
em ti eu provo
por ti consigo
esta força que de novo
em ti persigo
em ti percorro
cavalo à solta
pela margem do teu corpo.

Minha alegria
minha amargura
minha coragem de correr contra a ternura.

Por isso digo
canção castigo
amêndoa travo corpo alma amante amigo
por isso canto
por isso digo
alpendre casa cama arca do meu trigo.

Meu desafio
minha aventura
minha coragem de correr contra a ternura.

                    José Carlos Ary dos Santos

 

publicado por AIMSF às 22:27
link do post | comentar | favorito

Domingo, 7 de Junho de 2009

 

267216.jpg image by tmaneca

By tmaneca

 

Saudade

Sim, saudade
de tempos que passaram
de coisas que se foram
dos momentos que jamais
voltarão a existir
novamente…

Saudade
Das horas tristes e alegres
Dos risos, das brincadeiras
Do seu sorriso sincero
Do seu olhar sem maldade
Do carinho, da nossa cumplicidade

Saudade
É uma palavra que explica tudo
Sem compreender direito este aperto
no peito que sentimos
não mais que isso, apenas saudade…

Saudade
É sentir vontade de fazer o tempo voltar
É sentir o desejo de voltar aqueles tempos
voltar a sentir o mesmo sentimento

Saudade
É relembrar o passado
É rir sozinha revendo fotos
É se entregar na imaginação
É reviver os mesmos caminhos
que um dia juntos passamos

Saudade
De repente uma lágrima desliza em meu rosto
Só a saudade e eu
perdida nos meus pensamentos
querendo ficar só
para voltar no tempo e simplesmente
recordar…

(Cristiane Souza Gomes)

publicado por AIMSF às 13:06
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 6 de Maio de 2009

Por Ti

Por Ti, deixei minha liberdade

Por Ti, esqueci a saudade

Por Ti, abraçei teu coração

Por Ti, disse não à solidão

Por Ti, voltei a amar

Por Ti,deixei de calar

Por Ti, deixei o sofrimento

Por Ti, dei meu pensamento

Por Ti, me apaixonei

por Ti, jamais renunciei

Por Ti, quis ir mais além

Por Ti, tudo é um vai e vem

Por Ti ,conquistei um novo mundo

Por Ti, saí do fundo

Por Ti, dormi e acordei feliz

Por Ti, sou o que fiz

Por Ti, aqueci as noites frias

Por Ti, decorei todos os dias

Por Ti, espalhei sorrisos

Por Ti, criei novos  juízos

Por Ti, conheci novas emoções

Por Ti, deixei novas paixões

Por Ti, cometi tantas loucuras

Por Ti, guardei todas as doçuras

Por Ti, nunca perdi a esperança

Por Ti, brinquei como criança

Por Ti, por Ti, por Ti.

 

O mundo sem Ti não é redondo, nem verde nem azul

O mundo sem Ti é uma sombra no espaço

O mundo sem Ti não é nada

 

Por TI ,o mundo volta a girar

Por Ti, o mundo volta a ter vida

Por Ti, mundo é só nosso

Por Ti estou aqui.

 

Escrevi este poema para dedicar ao  meu Mais-que-Tudo

Com Muito Amor!!!

 

Ana Fernandes- Aimsf

publicado por AIMSF às 16:57
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro