Um olhar interior...

Terça-feira, 30 de Junho de 2009

 

 

  Imagino-me

 

Imagino-me numa praia onde estou eu e o mar,

a areia e o sol, e num momento de magia

apareces tu para embelezar e dar alegria

ao lindo quadro que se encerra no meu avistar.

 

Sei bem quem és e sei bem de onde vens

Trazes contigo o sorriso mais lindo que conheço

E esse teu olhar distante e belo que tens

Vem deixar (dentro de mim) um valor sem preço.

 

E é ao  caminhar pelas margens das ondas

que tu e eu nos cruzamos e abraçamos

Num aperto demorado e apaixonado

E, assim nos amamos e ficamos.

 

 

Ana Fernandes- AIMSF

publicado por AIMSF às 14:58
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 25 de Junho de 2009

 

 

Eu queria ser diferente
Quando te vejo
O meu desejo
Era olhar-te sem ver
Simples lampejo
Do teu corpo ondulante.
Queria passar por ti
Tranquilo, calmamente
Mesmo distante
Como de tanta gente
Por quem passo;
E Intuir-te a graça
Mas sem olhar p’ra ti.
Queria apartar de mim
O pensamento
Qual tormento
Do teu falar cantado
O doce acento
E a tua boca
Onde o sorriso brinca
E resplandece;
Como posso esquecer
O que não esquece?
Quem dera não parecer
que vou enlouquecer
por querer sentir-me imune
ao teu encanto;
Prouvera eu te ligasse tanto
Como me importa
O odor perfumado
Deste cigarro
Que fumo e logo esqueço
Quando se apaga o lume.
Mas só ando a fingir
Que não me iludo
Ganhei cisma em não querer
E queria tudo
Só que não sei mentir-me
Sou sincero,
E não posso fingir
o que não sou.
Sei que é estranha em mim
Esta dúbia atitude
De querer afastar
a quem venero
por não poder esquecer
o que não sei se quero:
- quem nunca, de si,
um pouco me quis dar. 

 

Eugénio de Sá

 (Poema inspirado num texto
de Adhémaro Gomes de Azevedo)

 

publicado por AIMSF às 16:52
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro